Sábado, 10 de Março de 2012

“Vestir o Fado” é o tema da colecção que Miguel Vieira apresentou há momentos no Moda Lisboa.

Buscando o tradicional mas enquadrando-o na modernidade, no actual, este designer do norte criou linhas clássicas com apontamentos estampados, padrões e jogos de textura com vários tecidos.

Para tal usou diversos materiais como cetins, sedas, lãs puras, pelos, lantejoulas, peles, algodões, tecidos jacquard, etc., todos desenvolvidos pelo seu atelier.

As silhuetas masculinas centram-se no corte de alfaiate, muito estruturado, enquanto as femininas tendem para formas de ampulheta, que variam entre longas e curtas.

Pretos, cinzas, castanhos, beges, vermelhos e verdes compõem a paleta de cores, diversa mas que se complementa na perfeição.

As linhas, quase esculpidas, apresentavam-se fluidas, leves, com movimentos coordenados, numa aura etérea.

Uma colecção que elevou a elegância ao extremo, onde não poderiam faltar acessórios para complementar todos os looks.

 

A equipa StyloLisboa apurou algumas opiniões após o desfile:

 

 

 

 



 

(Vogue)

 

 

 

(Vogue)

 

 

 

(Vogue)

 

 

 

(Vogue)

 

 

 

(Vogue) 

 

 

 

 

 

Texto: David Revés

Imagem Telma Correia

Entrevista: Daniela Lapo

 



publicado por stylolisboa às 20:22 | link do post | comentar
|

mais sobre mim
Maio 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
24
25
26

27
28
29
30
31


posts recentes

Calzedonia - Praia Verão ...

Jeffrey Campbell um nome ...

Estelita Mendonça - Para ...

My stock

Susana Bettencourt

Autopsy by Jordann Santos...

“La Hire” - Fernando Lope...

Luís Buchinho Knitwear - ...

Júlio Torcato outono/inve...

Ricardo Preto

arquivos
tags

aw12

burberry

christopher bailey

cultura

entrevistas

estilistas

eventos

fotografia

jordann santos

london fashion week

maquilhagem

marcas

moda lisboa

portugal fashion

quem somos

street style

tendências

todas as tags

Contador
blogs SAPO
subscrever feeds