Quinta-feira, 22.03.12

Neste primeiro dia de Portugal Fashion o designer formado pela Academia de Moda do Porto, Júlio Tocarto mostra  uma colecção direccionada para o público masculino inspirada num poema de Alberto Caeiro.

A inspiração vinda deste heterónimo de Fernando Pessoa resultou num retrato da natureza admirada por Caeiro com fatos tradicionais de três botões e de trespasse reinventados para o homem moderno e urbano,  camisas com aplicações em pele,malhas tingidas que retomam a memória das folhas de Outono e calças que variam entre o slim e o baggy. As cores preto, cinza, azul e verde floresta foram as escolhidas para a colecção

Porque,

 

"Antes o vôo da ave, que passa e não deixa rasto, 
Que a passagem do animal, que fica lembrada no chão. 
A ave passa e esquece, e assim deve ser. 
O animal, onde já não está e por isso de nada serve, 
Mostra que já esteve, o que não serve para nada. 
A recordação é uma traição à Natureza, 
Porque a Natureza de ontem não é Natureza. 
O que foi não é nada, e lembrar é não ver. 
Passa, ave, passa, e ensina-me a passar! "

 

 

Catarina Gonzaga



publicado por stylolisboa às 23:30 | link do post | comentar
|

Quarta-feira, 21.03.12

Hugo Costa surpreendeu-nos com a sua colecção, inspirada nos "indígenas nativos americanos".

O estilista masculino apresentou neste primeiro dia do Portugal Fashion uma linha marcada pela elegância, que colocou em alta toda beleza e encanto masculinos.

 

O estilo antigo regressa em força com uma forma actualizadas.

Este foi um desfile que ficou marcado com a utilização de calças justas, perfazendo uma silhueta mais longilínea,  conjuntamente com a utilização de peças mais largas, que criavam um look descontraído.

 

A golas e as camisas com padrão voltam em força, utilizando tecidos como lãs, caxemiras e algodões. O estilista apostou também nos ornamentos das camisas. Em relação as cores, predominaram os laranjas, preto, vermelho e cor tijolo.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Texto: Daniela Santos

Fotografia: Raquel Rebelo



publicado por stylolisboa às 23:40 | link do post | comentar
|

Andreia Lexim apresentou hoje as suas propostas para o próximo Outono/Inverno 2013.  No Land´s Man é o nome da colecção que a estilista levou a esta edição do Portugal Fashion.  

 

Inspirada na ideia de um povo livre esta colecção pauta por linhas fluídas e descontrídas, usando materiais que vão desde as malhas, às sarjas, à seda e até mesmo o algodão. 

A ideia de uma tribo urbana que se move entre cidades à procura de melhores condições de vida traz de novo  uso de turbantes e de vestidos compridos, que segundo a estilista: "são um mix de influências Ocidente-Médio Oriente".

 

A designer usou uma paleta de cores que vai de encontro às propostas já mostradas, como o negro, beje, castanho e azul.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Texto: Daniela Santos

Fotografia: Raquel Rebelo

 



publicado por stylolisboa às 22:25 | link do post | comentar
|

O Portugal Fashion teve, pela primeira vez em 30 edições, lugar em Lisboa. O primeiro dia de desfiles começou no último piso do MUDE onde jovens criadores apresentaram as suas propostas para o outono/inverno 2012/2013.

 

 

 

 

 

Coube ao designer João Pedro Estelita Mendonça abrir a passerelle apresentando uma colecção que reflecte a imagem do homem do mundo, "que sem preconceitos absorve as tradições e os costumes dos lugares por onde passa". Não se tratou de uma combinação de trajes tradicionais mas sim uma fusão de ideias vindas de vários pontos do globo.

O conforto é uma das palavras que melhor descrevem esta colecção conseguida com materiais 100% lã, fazendas tradicionais e reciclagem de algumas peças; nas cores podemos ver tons escuros como o preto, azul escuro e cinzento que se sobrepunham ao salmão, em algumas combinações e também tons terras.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Texto: Catarina Gonzaga
Fotografia: Raquel Rebelo


publicado por stylolisboa às 22:00 | link do post | comentar
|

Segunda-feira, 19.03.12

 

 

E para quem é fã da marca Fly London, não perca a nova colecção Primavera/Verão 2012.

 

Este ano a Fly London inspirou-se em muitos sitios e desta vez apostaram mais num estilo cómico, com uma linha vintage icónico.

Para as senhoras os sapatos têm cores mais fortes e brilhantes, desde verdes a laranjas, e cunhas altas ao qual já estamos habituados nesta marca.

 

Para os senhores permanece um estilo mais desportivo e descontraído, nunca descurando a marca “Fly” nas solas.

Todos eles são muito confortáveis pois, não nos podemos esquecer que são feitos em pele, lona e até mesmo em mousse.

O resultado é uma linha muito divertida, fresca e primaveril.

 

Não se esqueça "não ande, voe!!"

 

And who is a fan of the brand Fly London, do not miss the new collection Spring / Summer 2012.

 

This year's Fly London drew on many places and this time they bet more on a comic style, with a vintage iconic line.

 

For the ladies shoes are bold and bright colors, from green to orange, and high wedges to which we are accustomed in this brand.

 

To men´s remains a more sporty and relaxed, never forgetting the brand "Fly" on the soles.

All of them are very comfortable, because we can not forget that they are made ​​of leather, canvas and even mousse.

 

The result is fairly fun, fresh and springlike.

 

Remember " don´t walk, Fly!!"

 

 

 Feito por: Telma Almeida


 

 

 

 

 



publicado por stylolisboa às 22:26 | link do post | comentar
|

Domingo, 11.03.12

Agri...Doce

A colecção proposta pela estilista Alexandra Moura aparece com este tema, em que temos por um lado o Agri onde aparecem linhas mais pesadas e estruturantes, numa vertente mais urbana e o Doce em que vemos detalhes mais românticos com motivos florais, numa vertente rural.

Esta é uma colecção que joga com os opostos: feminino/masculino, leve/pesado, largo/justo,curto/comprido.

Tal como dita o tema, as silhuetas aparecem marcadas pelos opostos, tanto com linhas retas que se descolam do corpo como com detalhes mais românticos que as definem. 

Alexandra Moura apresenta uma linha que joga com os pretos: o mate, o sedoso, o seco e o lustroso; combinados com tons de vermelho, rosa e branco. Os materiais propostos são lã, algodão, seda, napa, jersey, devoret e ganga encerada.

 

A equipa styloLisboa foi saber algumas opinões relativas ao desfile:

 

 

 

 

 

 

 

(Vogue)

 

 

 

(Vogue)

 

 

 

(Vogue)

 

 

 

(Vogue)

 

 

 

(Vogue)

 

 

 

(Vogue)

 

 

 

Por: Catarina Gonzaga
Imagem: Telma Correia
Entrevista: David Revés 


publicado por stylolisboa às 19:24 | link do post | comentar | ver comentários (3)
|

"Urban Mix" é o nome da colecção que Pedro Pedro nos apresentou neste último dia. Uma linha que põe em ênfase toda a beleza e sensualidade feminina.

 

Vestidos curtos e elegantes marcaram o desfile, conjuntamente com calças que acentuavam a silhueta feminina. As luvas de pele e os sapatos de cunham regressam em força.

Os acessórios reforçam o look contemporâneo; existe uma profusão de zips metálicos, vivos e cordões. Predominam os blusões blue collor warker, golas e malhas overzive.

As cores dominantes foram o laranja, azul, preto, beje e tijolo.

Para esta colecção o estilista inspirou-se no urbanismo.

 

 

(propagandistasocial)

 

 

(propagandistasocial)

 

 

(propagandistasocial)

 

 

(propagandistasocial)

 

 

(propagandistasocial)

 

 

(propagandistasocial)

 

 

(propagandistasocial)

 

 

(propagandistasocial)

 

 

(propagandistasocial)

 

 

(propagandistasocial)

 

 

 

Por: Daniela Santos



publicado por stylolisboa às 19:04 | link do post | comentar | ver comentários (1)
|

Ricardo Dourado apresentou mais uma colecção para a temporada outono-inverno 2012-2013, hoje, no Moda Lisboa.

Intitulada “Rioters” a linha deste criador pauta-se por cortes direitos e por uma mistura de materiais que dão textura aos looks.

Tanto para homem como para mulher a paleta de cores mostra-se homogénea. Azuis fortes, cinzas e pretos são ostons dominantes.

As silhuetas são pouco marcadas mas no conjunto criam uma imagem marcante.

Completando com alguns acessórios e sapatos buffalo, Dourado finaliza assim as suas criações.

 

 

(propagandistasocial)

 

 

(propagandistasocial)

 

 

(propagandistasocial)

 

 

(propagandistasocial)

 

 

(propagandistasocial)

 

 

(propagandistasocial)

 

 

(propagandistasocial)

 

 

(propagandistasocial)

 

Por: David Silva Revés



publicado por stylolisboa às 18:18 | link do post | comentar
|

A dupla Marques'Almeida apresentou hoje na Semana da moda de Lisboa a sua proposta para o outono/inverno 2012/2013, que já tínhamos conhecido na semana da moda londrina.

Hoje vimos de perto tanto as camisolas oversize como as peças que se ajustam ao corpo, num jogo livre de sobreposições. O estilo cool e juvenil é também  marcado pelas costas destapadas, criadas com buracos e rasgões  através de esfiapados.

Os materiais escolhidos reflectem nitidamente o ADN da marca, com algodões, denim, malhas mohair feltradas e surde com efeito desgastado. E na cor podemos ver como o amarelo ácido surge do preto e do cinzento gasto.

Com esta colecção a "rapariga Marques'Almeida" é introduzida num contexto de natureza poluído e suburbano.

 

 

 

 

fotos:Vogue
Por:Catarina Gonzaga


publicado por stylolisboa às 16:27 | link do post | comentar
|

A honra de abrir o último dia de desfiles do Moda Lisboa foi dada a Ricardo Andrez.  O estilista apresentou assim uma colecção num estilo desportivo, mas claro, e como nos tem vindo a habituar, com o seu toque de classe.

A aposta foi assim para os casacos incorporados em tecidos bastante ricos onde através de linhas simétricas o designer deu grande destaque ao corpo masculino.

Utiliza uma paleta de cores composta por laranja, cor de tijolo e verde seco, uma prova de que jogar pelo seguro nem sempre é negativo.

Ricardo Andrez oferece-nos assim um Inverno confortável e elegante.

 segundo o Designer em entrevista ao DailyModaLisboa: A coleção é direcionada para uma estética do falso, como que a aparência sport seja fundamental e um mecanismo de sobrevivência, num contexto social (e jamais natural). O que conta é só mesmo enganar o olhar e iludir na perspetiva. Como referência a esta ideia e simbolizando tudo isto, o galã da época final de ouro de Hollywood, Rock Hudson.

 

 

 

 

 

 

 


 

(Vogue)

 

(Vogue)

 

(Vogue)

 

(Vogue)

 

(Vogue)

 

(Vogue)

 

(Vogue)

 

Texto: Daniela Lapo

Imagem: Telma Correia

Entrevista: David Revés

 



publicado por stylolisboa às 16:20 | link do post | comentar
|

mais sobre mim
Maio 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
24
25
26

27
28
29
30
31


posts recentes

Júlio Torcato outono/inve...

Hugo Costa

Andreia Lexim

O homem do Mundo

Fly London Primavera/Verã...

Alexandra Moura outono/in...

Colecção Pedro Pedro

RICARDO DOURADO no Moda L...

Marques'Almeida.LAB outon...

Ricardo Andrez

arquivos
tags

aw12

burberry

christopher bailey

cultura

entrevistas

estilistas

eventos

fotografia

jordann santos

london fashion week

maquilhagem

marcas

moda lisboa

portugal fashion

quem somos

street style

tendências

todas as tags

Contador
blogs SAPO
subscrever feeds